sábado, 31 de Dezembro de 2011

BOM ANO NOVO

Malta, 'bamo' lá a entrar todos com o pé direito para que o novo ano corra pelo melhor com tudo a que temos direito. Para todos os amigos, seguidores e visitantes deste blog, um grande abraço.

um gif por dia

sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

photoshop

A fotografia original
O resultado final
Digamos que o Beckam ficou favorecido. Ou o contrário?

à janela

tatoo

Se tivesse coragem, fazia uma tatuagem assim. Adoro as cores e tenho uma panca com os polvos.

um gif por dia

quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

so true

a memória do sítio


Para terminar em beleza os almocinhos culturais deste ano, eu e a minha amiga PM decidimos ir ver a exposição «L’Hôtel Gulbenkian, 51 avenue d’Iéna. Memória do Sítio» na Fundação do mesmo nome. Desta vez a minha sobrinha I. também veio, o que tornou esta visita ainda mais agradável.

Foto de Jorge Molder

A exposição dá a conhecer a história da Casa de Calouste Sarkis Gulbenkian em Paris, situada no nº 51 da Av. d’Iéna, em estreita relação com o percurso excepcional do seu proprietário, coleccionador e homem de negócios, e com a Fundação que legou a Portugal.

A casa foi adquirida em 1922 pelo Coleccionador, para aí residir com a família e instalar a sua colecção de obras de arte. Para ilustrar a história deste lugar, desde as obras realizadas e respectivos protagonistas, passando pelas vivências da Casa e a personalidade do seu proprietário, apresentam-se variados documentos, plantas, alçados, desenhos e dispositivos audiovisuais.
(retirado do site da exposição)


A exposição é interessante e revela muito sobre a personalidade do Gulbenkian e dos seus gostos pessoais. Só para terem uma ideia, quem lhe desenhou as banheiras foi o Lalique, que lhe projectou ainda portas e vitrinas. Depois é impressionante ver que a casa estava decorada com todas as obras de arte que hoje estão no Museu Gulbenkian. Os criados deviam tremer cada vez que tinham que limpar o pó lol. O bilhete dá direito também a visitar o Museu, o que faz todo o sentido pois alí podemos ver ao vivo as obras de arte que vemos nas fotografias.

Preço: €4
Onde: Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.

stretching

SEPTEMBER 1903

Let me at least fill myself with delusion now;
that I might not feel my life empty.
So many times I was so close.
Yet how paralyzed, how fainthearted I was;
why was it I remained with lips sealed;
my empty life weeping within me,
and my desires dressing themselves in black.
So many times to be so close to those eyes,
to those sensuous lips, to that perfect, beloved body.
So many times to be so close.

 C.P.Cavafy

 

um gif por dia

quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011

b&w

biblioteca

Já percebi que a postagem desta fotografia tem a ver com os remorsos que sinto de não andar a ler nada neste momento. Simplesmente não consigo ter tempo para tudo.

lição de pintura - Frida Kahlo

"What The Water Gave Me"

Ryan Gosling

Portrait by Art Streiber

:P

the beauty of pixar

um gif por dia

segunda-feira, 26 de Dezembro de 2011

repeats

O 'sad eyes' do blog 'good friends are hard to find' pediu-nos para escolher 3 músicas que fizessem parte da banda sonora da nossa vida. Os nossos repeats, as que nos acompanham, as que vamos continuar a ouvir até ao fim.
Primeiro pensei que era difícil escolher, mas na realidade não foi. Agarrei-me ao conceito 'repeat' e estas são 3 das que oiço sempre. Mas claro, muito mais haveria.


Sound of Light and Color

by Vassia Alaykova.

olhar para o umbigo

always Elizabeth

Como Maggie em "Gata em Telhado de Zinco Quente", outra das suas grandes interpretações.

um gif por dia

sábado, 24 de Dezembro de 2011

é Natal

Um Bom Natal para os seguidores e amigos deste blog e para todos os visitantes, sobretudo com saúde e perto das pessoas de quem mais gostam. Sei que esta frase é um cliché mas a mais pura das verdades.

um gif por dia

sexta-feira, 23 de Dezembro de 2011

quinta-feira, 22 de Dezembro de 2011

transparência

The Eight Poisons

wishlist

Este Natal, esta era a prenda que queríamos, mais precisamente um pastor alemão.
É um cão muito esperto, meigo e bom guarda que é uma qualidade que aprecio.
Mas infelizmente não pode ser porque não temos casa para isso. Vivemos num apartamento e ter um pastor alemão num apartamento é no mínimo crime. Só a ideia do cão ficar em casa fechado enquanto estamos os dois a trabalhar, põe-me doente. Já tivemos gatos, peixes, pássaros - cá em casa somos muito amigos da bicharada - mas cães ainda não. E como não gostamos de cães pequenos, quando decidirmos ter um, temos é que mudar de casa. Por enquanto ainda não estamos nessa, mas pode ser que as coisas mudem.

lição de pintura - Paul Gauguin

'Tahitian Landscape'

Baptiste Giabiconi

by Justin Wu

um gif por dia