terça-feira, 30 de Novembro de 2010

o relógio da Sissi

Já não sei porquê, nem onde mas chegou-me aos ouvidos que havia em Lisboa algures um relógio pertencente à Elisabeth de Wittelsbach, Imperatriz da Áustria e Rainha da Hungria, mais conhecida por Sissi (1837-1898). Tentei em vão perceber onde estava até que, num outro almoçinho cultural fomos à Casa Museu Anastácio Gonçalves, lugar onde eu pensava estar o dito relógio. Enganei-me mas em conversa com uma das guias obtive a tão desejada informação, o relógio estava na Fundação Medeiros e Almeida.
Hoje, e depois de terminado o tão trabalhoso "Guia da Joalharia",
finalmente voltámos aos almoçinhos culturais e eu e a PM fomos disparados para lá.
E aqui está ele. É um portento e aviso já que as fotografias não lhe fazem justiça. Ao vivo é muito mais bonito.


Prata, cristal de rocha, lápis-lazuli, pérolas e pedras semi-preciosas são alguns dos elementos do relógio de mesa, que foi oferecido a Sissi pelo primo Luís II, Rei da Baviera, cujo símbolo é um pavão branco e consta no topo do relógio.


Esta magnífica peça está na Fundação Medeiros e Almeida que é outro portento, mas disso falarei noutro post.
A Fundação fica na:
Rua Rosa Araújo, n.º 41
1250-194 Lisboa
Tel: 213 547 892

Metro:
Linha azul / Linha amarela
Estação Marquês de Pombal (saída Rua Alexandre Herculano)
Entrada 5€, descontos para estudantes e séniors.

National Geographic's Photography Contest 2010

Terminou hoje a fase de candidaturas para o concurso anual de fotografia da revista National Geographic, no qual são reconhecidas três diferentes categorias: pessoas, lugares e natureza. Apesar da fase de candidaturas ainda estar em aberto, o TheBigPicture já revelou 47 fotos que estão a concurso e que são verdadeiramente de tirar o fôlego. Vale a pena ver a galeria completa aqui:
http://www.boston.com/bigpicture/2010/11/national_geographics_photograp.html


Suradita Village, West Java, Indonesia. Children playing with their roosters. (Photo and caption by Ario Wibisono)


Praying Mantis - (Photo and caption by Fred Turck)


A supercell thunderstorm rolls across the Montana prairie at sunset. (Photo and caption by Sean Heavey)

Via Amorita nos links aqui ao lado.

cinema paraíso



domingo, 28 de Novembro de 2010

concentrem-se...


...que a semana vem aí. Que seja boa,
até porque temos um feriado no meio :)

domingo de manhã

sábado, 27 de Novembro de 2010

sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

quinta-feira, 25 de Novembro de 2010

off the record


Já que andamos nesta do "Guia das Actividades da Joalharia e Ourivesaria", resolvi oferecer-te um diamante virtual. Ou será um brilhante ? Bom,`a frente.
Pareceu-me bem este, não sei o que é que achas?
Está bem facetado em degraus? A mim parece-me. ;)
Ela chama-lhe o seu ringue de patinagem pessoal
e sempre são 33 quilates.
Lol lol
Espero que gostes. :)



The Krupp Diamond

spleen

quarta-feira, 24 de Novembro de 2010

LGBT? Not welcome here

A new U.N. resolution condemns the arbitrary execution of whole classes of humanity, from street kids to indigenous groups. It was to have included sexual minorities, but a bunch of nations balked at protection for LGBTs. The U.N. General Assembly then approved an amendment that removed them from from the list.



The vote was 79-70. Here's the list of countries that wanted to reserve the right to kill the gay:

Afghanistan, Algeria, Angola, Azerbaijan, Bahamas, Bahrain, Bangladesh, Belize, Benin, Botswana, Brunei Dar-Sala, Burkina Faso, Burundi, Cameroon, China, Comoros, Congo, Cote d'Ivoire, Cuba, Democratic People's Republic of Korea, Democratic Republic of Congo, Djibouti, Egypt, Eritrea, Ethiopia, Ghana, Grenada, Guyana, Haiti, Indonesia, Iran, Iraq, Jamaica, Jordan, Kazakhstan, Kenya, Kuwait, Lebanon, Lesotho, Liberia, Libya, Madagascar, Malawi, Malaysia, Maldives, Mali, Morocco, Mozambique, Myanmar, Namibia, Niger, Nigeria, Oman, Pakistan, Qatar, Russian Federation, Rwanda, Saint Kitts and Nevis, Saint Lucia, Saint Vincent and Grenadines, Saudi Arabia, Senegal, Sierra Leone, Somalia, South Africa, Sudan, Suriname, Swaziland, Syrian Arab Republic, Tajikistan, Tunisia, Uganda, United Arab Emirates, United Republic of Tanzania, Uzbekistan, Viet Nam, Yemen, Zambia, Zimbabwe


Como é que isto é possível? Estamos em 2010!!! **da-se!

via http://maddowblog.msnbc.msn.com/_news/2010/11/22/5511339-lgbt-not-welcome-here

technicolor






Faltava alguma cor a este blog.

terça-feira, 23 de Novembro de 2010

domingo, 21 de Novembro de 2010

tenham uma boa semana


Barbra Streisand By Richard Avedon, 1965

um amor infinito

Quero começar por dizer que não gosto de Saramago como escritor, não consigo por mais que tente e já fiz várias tentativas, entrar no seu universo. A forma como ele escreve é uma espécie de barreira entre mim e que ele quer contar. E à força de tanto tentar, aborreço-me e acabo por deixar os livros a meio. É certamente culpa minha, mas é assim. Isto para dizer que o que me levou a ver o recém estreado documentário de Miguel Mendes "José e Pilar", foi mais a Pilar do que o Saramago. E claro está, conhecer melhor uma extraordinária história de amor.

O filme mostra o dia-a-dia da vida do Saramago e da Pilar filmados durante 3 anos pelo realizador Miguel Mendes. Filmou 240 horas e a montagem final tem cerca de duas horas. Muito ficou no chão da sala de montagem. Mas o que ele decidiu mostrar é um retrato relevante para percebermos a sua intimidade, a sua dinâmica como casal e o amor que tinham um pelo outro, um amor mais forte do que a morte.
É um filme por onde a morte plana (o Saramago tem 83 anos, e como ele diz, "a porta de saída está mesmo aí, não há que ter ilusões" mas a vida também brota às golfadas de felicidade através de uma mulher que o ama e o ajuda a cumprir os seus desejos, mas sem se anular, sem se submeter. Acompanha-o com inteligência, coragem e um amor infinito. Mas para além da Pilar, que é espantosa, também se descobre um Saramago mais humano e até inesperado. Muito se poderia dizer porque é um filme que nos faz pensar. Muito e no bom sentido. Por isso, acho que o melhor é mesmo verem.
É um belíssimo filme, muito inspirador.



"Se eu tivesse morrido antes de conhecer a Pilar,
teria morrido um homem muito mais velho"

sexta-feira, 19 de Novembro de 2010

seja onde for...

...tenham um bom fim-de-semana.

quinta-feira, 18 de Novembro de 2010

quarta-feira, 17 de Novembro de 2010

un ange pour...


...Syl, notre ami du blog "Gay Cultes" qui fait son troisième anniversaire aujourd'hui!
Parabéns!

Dos Homens e dos Deuses.


Nos anos 90, oito frades católicos da ordem de Tibhirine vivem num mosteiro no meio das montanhas na Argélia. A violência e o terror fudamentalista instalam-se progressivamente na região mas os frades decidem ficar, custe o custar…até mesmo as suas vidas. Esta é a sinopse do filme de Xavier Beauvois, baseado em factos verídicos, estreado entre nós a semana passada.
Sem ceder a tentações sensacionalistas, Beauvois desvenda aos nossos olhos o dia-a-dia daquele pequeno mosteiro de Tibhirine, dos seus oito habitantes e da pacata população da aldeia local, induzindo progressivamente o adensar do contexto violento que involuntariamente envolve uns e outros e que coloca questões fundamentais, sobretudo para quem se rege pelos valores católicos.


Simples e acessível, o filme tem como pano de fundo o horror dos acontecimentos e da crescente violência, mas sempre num tom muito contido preferindo centrar-se no espírito com que aquela irmandade os enfrenta. Um espírito sustentado na sua extraordinária força e revitalizado na dúvida e fraqueza pela oração, pelo permanente desejo de união, comunhão e pela ajuda ao próximo.
Neste sentido, a abordagem coloca questões fundamentais que ajudam o espectador a perceber quais as razões que levaram aqueles monges a ficar na Argélia, em vez de partir. Embora seja uma obra em que Deus está sempre presente, é essencialmente um filme profundamente humano, sobre os homens, os seus medos, as suas dúvidas e fraquezas, mas também sobre a alegria, a fé e a coragem.


Em cima os actores do filme e, em baixo, os verdadeiros monges.


A não perder.

terça-feira, 16 de Novembro de 2010

segunda-feira, 15 de Novembro de 2010

lição de pintura - Edward Hopper


"New York Movie" 1939
The Museum of Modern Art, New York

domingo, 14 de Novembro de 2010

walk on the wild side





Tenham uma excelente semana.