sexta-feira, 25 de maio de 2012

working boys

The Help by Rayzor Sharp via homotography

20 comentários:

  1. E que bem parecem eles trabalhar! ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu trabalhava neles... e que trabalheira que eu ia ter... XD

      Eliminar
    2. É o que se chama alegria no trabalho lol XD

      Eliminar
  2. Sempre gostei deste tipo de desenhos, independentemente do tipo físico dos "desenhados".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei porquê mas parece-me que este teu comentário era para o post de cima...ou estarei enganado? XD

      Abraço.

      Eliminar
  3. Na primeira imagem, não sei porquê, imagino sempre o rapaz sentado a calcar o dito cujo do outro. Até a mim me dói...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto de te ver por aqui. Uma vez li uma mensagem que ias fechar o teu blog e deixei de lá ir, mas depois aqui pelos amigos da blogoesfera percebi que voltaste e ainda bem.
      Abraço.

      Eliminar
    2. Ah, sabes, eu sou esquisito. Ora vou ora volto =)
      Mas não pretendo sair daqui tão cedo :p

      Eliminar
  4. "Estou com um problema de canos.. Queres desentupi-los?"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achas que isso é melhor para título ou legenda?

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Sorry

      Os desenhos são excelentes e os desenhados também :P

      Eliminar
  6. Este ainda não me deixaram cartões na caixa do correio. Tens o contacto? :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes são ingleses e é bué caro mandá-los vir :D

      Eliminar
  7. Dá vontade de meter mãos à obra!!! Ó se dá...
    Faz-me lembrar os meus anos na construção civil. Era muito parecido com isto. Andávamos em slips e tudo... :P

    ResponderEliminar
  8. Essa tua faceta é curiosa. Podias fazer uns posts sobre isso, deve ser um universo curioso.

    ResponderEliminar
  9. Rss... 'Universo curioso?!'... Sim. É uma boa ideia, sim. Vou fazer um post para desmistificar o imaginário gay sobre o 'universo curioso' da construção civil. Que de imaginário tem muito, e de curioso tem muito pouco. Se me esquecer, lembra-me.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente. Há no imaginário colectivo uma conotação sexual imediata com o homem das obras, com o canalizador etc. que não tem nada a ver com a realidade. Imagino o que deve ser trabalhar numa obra gigantesca com milhões de gajos. Deve ser fora. No entanto estas fotos que publiquei atestam precisamente isso, a mitificação erótico da profissão XD

      Eliminar