quarta-feira, 24 de outubro de 2012

he and i

10 comentários:

  1. Uau! como um punhado tão pequeno de palavras pode expressar tanto! Adorei! :D

    ResponderEliminar
  2. Caso para dizer: - "É bonito ;) "

    Abraço amigo Arrakis, já estamos quase no fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E simples.

      É verdade! :)
      Abraço amigo Francisco.

      Eliminar
  3. «He just is,
    I just am
    and we just are.»

    Bittersweet feeling.

    lembrei-me disto:
    ...
    Desenlacemos as mãos, porque não vale a pena cansarmo-nos.
    Quer gozemos, quer não gozemos, passamos como o rio.
    Mais vale saber passar silenciosamente
    E sem desassossegos grandes.


    O ideal impossível da ataraxia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol Tive que ir ver o que era ataraxia XD

      Gostei da citação porque vai de encontro ao estado de espírito que o poema procura revelar. Há coisas que são simplesmente assim, não há volta a dar.

      Eliminar
    2. Uma professora que me deu aulas, chegou um dia à sala e disse: 'Hoje estou extremamente ataráxica. Qualquer perturbação em aula será severamente punida"

      de olhos esbugalhados, desconhecendo o significado de tal palavra, ficamos todos a pensar 'pronto, a mulher está psycho. Permaneceremos em silêncio.'

      xD

      Também achei que esse poema do Ricardo Reis se ajusta muito bem a esse espírito.

      ...mas quando só é um a sentir o mundo assim, que pode o outro fazer?
      Amarem-se platonicamente...?

      Muito terá sofrido a Lídia, com esse tal de Reis.



      Eliminar
    3. Quando só há um a sentir é porque não há reciprocidade e isso é mau.
      Não gosto de platónicos, são melancólicos e assexuados LOL XD

      Acho que a Lídia não era flor que se cheirasse lol XD coitado do Ricardo Reis ;)

      Eliminar
  4. Como deves compreender, acho isto maravilhoso!!!

    ResponderEliminar